As oficinas existiram desde sempre em local próprio, em particular dentro da cerca do Mosteiro, evoluindo com a necessidade da comunidade monástica havia barbeiro, carpinteiro, forja, moleiros e seus moinhos hidráulicos, lagares de vinho e de Azeite, estes últimos além cerca nas granjas dos coutos monopolizados pelo Mosteiro.