VENHA VISITAR-NOS

TORRE DE ENTRADA NO PARQUE

CANOAGEM, UMA DAS NOSSAS ATIVIDADES RADICAIS

SLIDE DA TORRE, UMA DAS MUITAS ATIVIDADES NO PARQUE

VISITE A ALDEIA MEDIEVAL E OS OUTROS ESPAÇOS DE INTERESSE

VEJA OS VÁRIOS ANIMAIS DO PARQUE

SOBRE O PARQUE

O Parque dos Monges está localizado na Quinta das Freiras, na cidade de Alcobaça e é constituído por quatro vertentes: Ambiental e Zoológico, Aventura, Temático, Animação, que chegam até ao público através de um conjunto de equipamentos e atividades que visam criar experiências únicas, pela forma como as mesmas irão recriar a forma de viver dos monges da Ordem de Cister.

A Quinta das Freiras constitui uma das áreas mais visíveis da presença monástica, pois foi aqui que os monges se instalaram inicialmente – e que, durante 22 anos – numa pequena comunidade para preparem a fundação e construção do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, no local onde hoje se encontra e mais tarde nela asseguravam, através de práticas agrícolas inovadoras para a época, todos os alimentos a que estavam obrigados pela respectiva Ordem, a prestar às freiras residentes no convento situado a escassos quilómetros na localidade de Cós. Assim, nasceu o nome de Quinta das Freiras, constituindo um importante marco histórico ligado à presença da Ordem de Cister na região, mas também à Batalha de Aljubarrota, dado que foi nesse local que as tropas portuguesas montaram o acampamento para recuperar as forças e festejarem a vitória sobre os castelhanos. Durante este período não houve em Portugal ordem mais poderosa, devido sobretudo à riqueza de Alcobaça que foi também o centro artístico e intelectual da Ordem.

Como se verifica, é com base em todo este valor histórico e cultural, que o Parque dos Monges assenta a sua temática, ao recriar através da animação turística um local de exposição e de participação dos visitantes em atividades que recriam o modo de viver dos monges da Ordem de Cister. Por outro lado, este complexo une a componente de animação turística a uma atitude fortemente pedagógica ao nível da educação e sensibilização ambiental, tal como se verifica nos equipamentos e atividades que o constituem.

VIAGEM NO TEMPO
1098

Ordem Contemplativa de Cister

Robert de Molésme funda o novo mosteiro na floresta de Citeaux, região de Borgonha, em França.

1153

Carta de doação dos Coutos de Alcobaça

D. Afonso Henriques e sua mulher e companheira doam a D. Bernardo Abade do Mosteiro de Claraval, cerca de 44.000 hectares de terra, incluindo o lugar de Alcobaça, a 8 de Abril. D. Bernardo morre a 20 de Agosto. A fronteira sul de Portugal ficava no Rio Tejo.

1157

Provável instalação provisória dos monges em Chiqueda

Início do cultivo das granjas junto aos rios que mais tarde vieram a denominar-se Alcoa e Baça.

1178

Primeiros estaleiros do Mosteiro

Os primeiros estaleiros, a título definitivo, entre os rios do vale junto ao castelo, provavelmente visigodo.

1185

Primeiros moradores

Estima-se que de 1185 a 1211, um grupo de viúvas instala-se na Granja de Cós do mosteiro de Alcobaça, junto ao rio.

1223

Consagração do mosteiro

Consagração da igreja do mosteiro de Santa Maria de Alcobaça. Estávamos no reinado de D. Afonso II.

1227

Cenóbio transferido para Alcobaça

Transferência do cenóbio Cisterciense, de Chiqueda para Alcobaça (data provável). Autorização dada pelo capítulo geral de Cister (França).

1308

Claustro renovado no mosteiro

O mosteiro medieval fica concluído com um claustro renovado, o Claustro do Silêncio. Estávamos no Reinado de D. Dinis.

1532

Primeira abadessa do convento de Cós - D. Benta de Aguiar

Edifício mandado construir pelo Abade Comendatário D. Afonso e concluído pelo Adabe Comendatário D. Henrique.

1755

Terramoto de 1755 atinge o mosteiro

O Terramoto atinge fortemente o mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, obrigando a recorrer a empréstimos para a sua reconstrução

1810

Invasões Francesas

Invasões Francesas e saque do mosteiro de Santa Maria de Alcobaça.

1834

Extinção das Ordens Religiosas

Extinção das ordens religiosas em Portugal por Marquês de Pombal.

1836

A Quinta das Freiras de Cós é vendida

A Quinta das Freiras de Cós é vendida em hasta pública a Bernardo Pereira de Sousa, casado com Francisca Jacinta Pereira, filha de João Pereira Gomes, homem de avultada fazenda em terras do Maranhão-Brasil.

1998

Aquisição da Quinta das Freiras pelos atuais proprietários

Aquisição da Quinta das Freiras pelos atuais proprietários, com idealização do projeto Parque dos Monges.

2000

Projeto Parque dos Monges

Submissão do projeto do Parque dos Monges às entidades competentes para a sua aprovação.

2011

Abertura oficial

Abertura oficial do Parque dos Monges.

ATUALIDADE
TOP